Um bom produtor de conteúdo investe pesado na parte visual do seu trabalho, e hoje, é fundamental que os vídeos sejam grande parte do que é postado diariamente. Como você viu no artigo anterior, os vídeos são versáteis e permitem que sua mensagem, produto ou serviço chegue com mais fluidez ao seu consumidor, envolvendo-o antes de adquirir alguma coisa. Essa comunicação paralela é de extrema importância para seus negócios e para que sua marca atinja o maior número de pessoas possível. Hoje, você vai conhecer 5 dicas de produção de vídeos para as redes sociais e entender como essa ferramenta visual é tão utilizada atualmente.

 

É importante lembrar que não existe uma receita exata para o sucesso de um vídeo e ter pouca verba para produção também não significa que o conteúdo vai atingir poucas pessoas ou vai ficar mal feito. Produções milionárias já foram ultrapassadas por vídeos caseiros em diversas situações. O que você não pode esquecer é de prender a atenção do seu público, seja qual for o ramo de atuação. Mesmo sem fórmula mágica, algumas técnicas são muito úteis na produção dos vídeos para redes sociais. Separamos 5 das principais, confira!

 

A mensagem principal deve ser clara nos primeiros cinco segundos

 

Tenha em mente que você não vai engajar todo mundo, por isso é muito importante definir o público a ser atingido com os vídeos. Além disso, os 5 primeiros segundos são fundamentais para que o espectador continue assistindo. Portanto, sua mensagem principal deve estar nesse início, com um resumo de tudo o que virá pela frente. Mas por que isso é necessário? Isso pode ser explicado com o “tempo de atenção moderno”, que costuma ser extremamente curto, ou até mesmo porque o recurso de pular anúncios em 5 segundos do YouTube acabou criando este costume. Mesmo sem explicações exatas, é muito importante prender a atenção do público logo no início.

 

Se não conseguir colocar o objetivo nos primeiros 5 segundos, comece com uma pergunta ou frase de impacto

Mesmo se o vídeo for para um anúncio patrocinado, atingindo mais especificamente o seu público, o maior desafio é mantê-los atentos ao longo da peça. Muitos influenciadores, palestrantes e personalidades da internet utilizam um excelente método para engajar o espectador durante os cinco segundos iniciais: fazendo uma pergunta ou usando uma frase de impacto.

A curiosidade ou impacto causados por esse método aguçam a curiosidade inata dos seres humanos. Levante questões ou inspirações que serão elucidados ao longo do vídeo, mas lembre-se de fazer perguntas pertinentes ao seu nicho ou que correspondam a uma das dores do seu consumidor. Palavras soltas ou perguntas óbvias podem afastar quem vai assistir ao vídeo.

 

Sempre pense no formato do vídeo de acordo com a plataforma

O formato do seu vídeo horizontal ou vertical pode afetar diretamente quantas pessoas irão se interessar em assistir. A maioria das novas funções como o Reels no Instagram e o app Tik Tok apresentam seus vídeos na vertical. Por isso é tão importante levar em conta o formato do vídeo antes de começar a produzir. A maneira de consumir vídeo nas redes sociais mudou e precisamos acompanhar essa jornada.

 

Segundo a revista Forbes, um estudo descobriu que quase 94% de nós seguramos nossos celulares na vertical. Outra descoberta desses estudos sugere que, quando encontramos um vídeo que exige a mudança da orientação do aparelho, somos 2,5 vezes mais propensos a ignorá-lo. Embora seja apenas um movimento do pulso, é um inconveniente, quando não buscamos especificamente um conteúdo vertical como no YouTube, por exemplo.

 

Prepare o conteúdo de maneira que os espectadores possam entender o vídeo mesmo sem áudio

 

Os vídeos começam a rodar mesmo sem que o usuário clique no play e se o volume estiver alto, pode gerar um incômodo. Também é muito provável que a maioria das pessoas assista aos vídeos sem som por estarem na rua ou sem um fone de ouvido para ouvir o que está sendo falado. Outra grande pesquisa revelou que 85% dos usuários do Facebook assistem vídeos com o som desligado. Portanto, para manter seu vídeo eficiente, sua mensagem precisa ser compreendida mesmo sem áudio.

 

O mais óbvio é contar com a presença das legendas nos vídeos, mas os efeitos visuais como pop ups, balões, destaques e animações também resumem o conteúdo em imagens e levam a atenção do usuário para o que realmente importa, mesmo que ele não consiga ouvir o que está sendo dito no vídeo.

 

Se for veicular no Facebook ou no Instagram, use a interatividade.

 

A interatividade deve ser uma ferramenta usada de maneira inteligente nos vídeos veiculados nos stories do Instagram: anúncios interativos no Instagram Stories, começando pela enquete, permitem que as empresas sejam mais lúdicas para construir melhores conexões. O consumidor passa a fazer parte do processo e não se vê apenas como um alvo do seu conteúdo.

 

Você já usou alguma dessas técnicas nos seus conteúdos? Como foi o engajamento? Conta pra gente aí nos comentários. Acompanhe nosso blog para não perder nenhuma novidade do mundo dos vídeos do Marketing Digital. Deixe seu comentário e siga-nos nas redes sociais.

 

Ajuda? Chat via WhatsApp